segunda-feira, 12 de maio de 2014

A maior flor do mundo



"As histórias para crianças devem ser escritas com palavras muito simples, porque as crianças, sendo pequenas, sabem poucas palavras e não gostam de usá-las complicadas. Quem me dera saber escrever essas histórias, mas nunca fui capaz de aprender, e tenho pena. Além de ser preciso escolher as palavras, faz falta um certo jeito de contar, uma maneira muito certa e muito explicada, uma paciência muito grande – e a mim falta-me pelo menos a paciência, do que peço desculpa.
Se eu tivesse aquelas qualidades todas, poderia contar, com pormenores, uma linda história que um dia inventei, mas que, assim como a vão ler, há apenas o resumo de uma história, que em duas palavras se diz…".

José Saramago

Filme de animação galego a partir do conto «A maior flor do mundo», de José Saramago, com voz do próprio.

Dez minutos que valem a pena pela história, pelas imagens, pela música extraordinária,... e pelo narrador.



quinta-feira, 8 de maio de 2014

Adolescentes moçambicanas



Realidade fantasiosa da TV Brasileira ganha força em Moçambique

Quem me conhece, principalmente as pessoas mais próximas, sabem que estou produzindo um documentário com inspiração etnográfica numa imersão na Comunidade Rastafári em Moçambique.

Esse "doc" e novo trabalho, tem sido feito em parceria com o meu amigo Felipe Nascimento, um estudante brasileiro de história que vive em Maputo há quase três anos, e estuda na Universidade Eduardo Mondlane (maior centro de ensino superior de Moçambique). E na produção desse novo documentário, algumas cenas inéditas foram acontecendo que eu não poderia deixar de mostrar aqui para você.

Nas últimas duas semanas, além das gravações e contato com os Rastas, fomos conhecendo também à comunidade vizinha ao Tabernáculo Rastafári, onde estão sendo filmadas as imagens do filme.

Desse contanto com as famílias, as crianças e os adolescentes captamos algumas imagens que rendaram algumas pérolas muito interessantes do tipo: influência da TV Brasileira em Moçambique, retratos sociais, identidade moçambicana e cultura africana de um modo geral.

Nesse presente vídeo, Flávia e sua amiga Asule de maneira simples, mostram a influência das novelas brasileiras por aqui, falam um pouco da identidade cultural da mulher moçambicana e ainda, mandam beijinhos para o Brasil.

Isso é um pouco da África que fala português, que eu gostaria de mostrar para você. Espero que goste!

(Publicado: 4/11/2012 )